Fotógrafos
 
Biografia

 
Vila Mimosa
 
 
A Vila Mimosa, histórica zona de prostituição do Rio de Janeiro, tem mais de 80 anos de existência e atrai em torno de mil visitantes por dia. A vila é composta por 70 sobrados, que possuem bares-boates nos andares térreos e quartos, nos andares superiores.

A Associação dos Moradores, Condomínios e Amigos da Vila Mimosa (Amocavim) é hoje responsável pela coordenação de projetos de DST/ Aids junto às profissionais do sexo. Ela realiza, dentro da Vila, palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis e Aids, com distribuição de panfletos informativos e camisinhas, e funciona também como ponte para a conquista de direitos básicos, como abrir uma conta no banco.

Em 2003, estive na Vila pela primeira vez, acompanhada da repórter Gisele Netto, para produzir uma série de reportagens para o site Beleza Pura. Lá conheci Cleide Almeida, coordenadora da Amocavim, que me mostrou a luta diária para criar oportunidades e cuidar da saúde das mulheres que lá trabalham, assim como o esforço de integração com a comunidade local. O desemprego e o salário mínimo indecente são os principais motivos que as levam à vender o próprio corpo, muitas sustentam filhos e famílias inteiras. Lá não existem cafetões, as mulheres fazem seu próprio horário e são donas do seu próprio nariz, por isso a rotatividade na Vila é tão grande.

Essas mulheres não são ficção, nem lenda urbana, são bem humanas, pagam contas e na maioria das vezes, estão querendo voar, como passarinhos, para longe dali.


 
realização: Viva Rio e Viva Favela
  apoio: Open Society Institute